Mulheres negras, violências e Covid-19

03/07/2020
Por Lia Manso (Ong Criola)

A pandemia do Coronavirus (Covid-19) cresce junto às populações mais vulneráveis e empurra para a indigência grupos que perdem renda, trabalho e saúde. Destes, as mulheres negras são as mais vulneráveis. DADOS APG

Elas são as mais afetadas pelos efeitos da Covid-19, assim como por outras violações e violências históricas, contudo continuam na linha de frente para o sustento e cuidado de famílias inteiras, especialmente de crianças e idosos. Também são as mulheres negras a base das relações comunitárias de favelas e áreas periféricas.

Além disto, lutam para se ampliarem os marcos civilizatórios para justiça para todes – mulheres negras levantaram e levantam suas vozes, saberes e ações por políticas públicas antirracistas, por reparação, pelo bem-viver e contra violências geradas pelo racismo, sexismo e outras opressões: contra violências domésticas/familiares e (trans)feminicídio, contra o desmonte do SUS, contra a precarização das relações de trabalho e a desestruturação do sistema de assistência, contra o avançar do aprisionamento e do genocídio e tantas outras lutas.

Assim, neste momento de mais ameaça aos direitos, saúde e vidas, CRIOLA destaca que o comprometimento de toda a sociedade contra os efeitos da Covid-19 sobre a vida das mulheres negras no contexto de desigualdades e em repúdio a outras violações constantes, é urgente! Mais do que nunca, agora a perda de bem-viver e de vida de mulheres negras refletirá em ampliação de injustiças e violências sobre toda a sociedade.

Contra as violências e injustiças ampliadas pela Covid-19 e pelo bem-viver das mulheres negras e de suas comunidades!" 

#ArticuladasEmRede #ArticuladasRJ #ArticuladasemAcao

Outras Notícias

Mulher Negra, Latina e Caribenha

25/07/2020  “A mulher negra é a síntese de duas opressões, de duas contradições essenciais; a opressão de gênero e a da raça. Isso resulta no tipo mais perverso de confinamento. Se a questão da mul...

Pensar na Baixada Fluminense é pensar na resistência das mulheres

TEXTO (AINDA NÃO POSTADO) Coletivo Minas da Baixada As mulheres, sobretudo as mulheres negras, são as mais afetadas pela ausência de políticas públicas na Baixada Fluminense.  O descaso é a ordem...